Orquestra Sinfônica de Barra Mansa realiza concerto a R$1 no Theatro Municipal do Rio de Janeiro

O concerto reúne a 5ª Sinfonia, de Mahler, e o Concerto nº 2 para Piano, de Rachmaninoff. 

Exibindo credito_fabricio_rezende (1).jpg 
O domingo de comemoração ao Dia de São Jorge vai ser de oportunidade de conhecer o Theatro Municipal do Rio de Janeiro e ouvir importantes clássicos da música. A Orquestra Sinfônica de Barra Mansa realiza, no dia 23 de abril, a partir de 11h, concerto com entrada a um real no palco dos sonhos de todos os músicos brasileiros, o Theatro Municipal do Rio. No programa, a 5ª Sinfonia de Mahler e o Concerto nº 2 para Piano, de Rachmaninoff.

O maestro associado da OSBM, Daniel Guedes, é o responsável pela regência do concerto, recebendo a pianista Patrícia Glatzl, como solista na obra de Rachmaninoff. No concerto do Theatro Municipal, a Orquestra Sinfônica de Barra Mansa interpreta novamente as obras de Mahler e Rachmaninoff, que já foram apresentadas ao público barra-mansense na temporada oficial da orquestra, este ano.

O programa expressa o desenvolvimento e a qualidade técnica da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa, que há 12 anos, desenvolve a disseminação da música clássica no interior do Rio de Janeiro. A intepretação da 5ª Sinfonia de Mahler, a sinfonia mais emblemática do compositor e uma das mais complexas, coroa este momento.

O concerto deste domingo representa, para a Orquestra Sinfônica de Barra Mansa, a responsabilidade de voltar aos palcos do Theatro Municipal, interpretando a obra complexa e desafiadora de Mahlher, além do clássico de Rachmaninoff. Para o publico amante da música, é a oportunidade de assistir a um grande espetáculo e conhecer o trabalho desenvolvido pela Orquestra Sinfônica de Barra Mansa, pagando apenas R$1.

A Orquestra Sinfônica de Barra Mansa
A trajetória da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa começa em 2005, como um desafio para o Projeto Música nas Escolas, que havia sido criado há apenas dois anos, mas já exibia profissionais com qualidade técnica. Em um concerto no Rotary Club de Barra Mansa, a então recém-criada orquestra fez sua estreia, sob a regência de seu diretor artístico Vantoil de Souza.

Desde então, realiza anualmente sua temporada oficial, com concertos na Igreja Matriz de São Sebastião, quando recebe importantes solistas e maestros nacionais e internacionais. Os artistas convidados realizam oficinas e ministram máster classes para os músicos da orquestra e alunos avançados do projeto, dividindo seus conhecimentos e realizando um verdadeiro intercâmbio cultural e musical, que deixa um legado de imenso valor artístico para Barra Mansa e região. Além da temporada anual em Barra Mansa, a Orquestra tem se apresentado frequentemente nos mais importantes palcos nacionais. Participou intensamente de eventos importantes para a vida musical do país como o MIMO festival, em que realizou concertos nas igrejas históricas de Olinda, e foi orquestra residente por cinco anos dos cursos de regência de Isaac Karabtchevsky.

A OSBM também já acompanhou as mais importantes companhias internacionais de balé em suas turnês pelo Brasil, como o Balé do Teatro Mariinsky de São Petersburgo, o Balé do Teatro Alla Scala de Milão e o Balé Bolshoi, de Moscou em suas apresentações no Rio e em São Paulo. Em 2013, a orquestra realizou sua primeira turnê tendo como solista a pianista Simone Leitão, de norte a sul do país. No mesmo ano, outro evento marcante foi a participação nos três concertos durante a Jornada Mundial da Juventude, na primeira visita do Papa Francisco ao Brasil, onde se incluiu a realização de toda a trilha sonora da Via Sacra, com retransmissão via TV para todo o mundo.

O Projeto Música nas Escolas de Barra Mansa, da qual a OSBM faz parte, atende a todas as escolas públicas municipais de Barra Mansa com processo de educação musical, que inicia na educação infantil e se estende a todas as séries. Desde o início, o Projeto é mantido pela Prefeitura de Barra Mansa, numa ação conjunta da Secretaria Municipal de Educação e da Fundação de Cultura. A gestão administrativa é feita pela Associação da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa.

Além disso, o projeto é patrocinado pelo Instituto CCR e CCR NovaDutra, por meio da Lei de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet, do Ministério da Cultura. O projeto também recebe o apoio da Saint Gobain.

Patrícia Glatz
A solista Patrícia Glatzl assume o piano durante a interpretação do “Concerto nº2 para piano”, de Rachmaninoff. Mineira, de Juiz de Fora, Patrícia iniciou seus estudos em piano com a professora Denise costa, em Viçosa. Sua vida acadêmica teve continuidade na Unirio, onde se formou em Música,  tendo se tornado Mestre em Práticas Interpretativa, pela UFRJ. A pianista se destaca no cenário musical do país, se apresentando em importantes salas e festivais, como a Sala Cecília Meireles, Sala de Concerto da Rádio Mec, o Palácio das Artes, em Belo Horizonte, e os festivais de inverno de Petrópolis e Friburgo.  Também foi vencedora do Concurso Maria Teresa Madeira, com apenas 18 anos, do III Concurso de Jovens Solistas da OSMG e do Concurso para Solista da Orquestra da Unirio.

Serviço:
Concerto  da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa
Data: 23  de abril  (domingo)
Horário: 11h
Local: Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Endereço: Praça Floriano s/nº - Cinelândia – Rio de Janeiro
Ingresso: R$1,00 (à venda no dia do concerto na bilheteria do teatro)
Regência: Daniel Guedes
Programa:
Sinfonia nº 5 em dó sustenido menor – Gustav Mahler
Concerto nº 2 para Piano - Op. 18 - RACHMANINOFF
Share on Google Plus

About Redação Portal

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário