Defesa Civil de Volta Redonda capacita voluntários e profissionais

Quarto treinamento sobre ações preventivas envolveu profissionais de outras prefeituras da região


Dando continuidade à capacitação de profissionais e voluntários, a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil de Volta Redonda promoveu na manhã desta quarta-feira, dia 25, o quarto treinamento trazido pelo órgão com o objetivo de integrar as ações preventivas junto à comunidade.  A etapa teórica foi realizada no auditório da Defesa Civil, na Ilha São João, e contou com a presença de 45 pessoas, dentre equipes de prefeituras e defesas civis de municípios da Região Sul Fluminense, além de profissionais de Engenharia Civil e voluntários.

“Essa capacitação é inédita para esses profissionais. Antes, por exemplo, alguns deles interditavam as residências com o conhecimento prático da atividade. Estamos trazendo conhecimento científico para que as ações sejam estritamente técnicas, e não mais empíricas”, explicou o coordenador da Defesa Civil de Volta Redonda, o capitão Rafael Champion, acrescentando que a parte prática do treinamento será agendada para que os participantes possam verificar de perto as áreas de risco.

A aula no auditório foi ministrada pelo engenheiro civil Jorge Luiz Muniz de Mattos, coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Civil do CREA-RJ (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura do Rio de Janeiro). Os temas abordados foram processos construtivos, trincas, fissurações e recalques, incluindo avaliação sobre riscos em edificações. Além de profissionais da Defesa Civil de Volta Redonda, participaram também equipes dos municípios de Piraí, Vassouras, Valença, Pinheiral, Porto Real, Miguel Pereira e Mendes.

Dentre aqueles que receberam a capacitação, estava o enfermeiro Carlos Rodrigo Amorim, de 41 anos, morador do bairro Santa Cruz. Ele conta que decidiu se voluntariar há três meses porque viu a necessidade de colaborar mais com a sociedade e procurou conhecer o trabalho realizado pela Defesa Civil. “O curso é muito bom porque somos leigos e recebemos outra visão do que é importante, uma visão preventiva, por exemplo”.

Além de Carlos, o treinamento contou com a participação da professora do curso de Engenharia Civil do UBM (Centro Universitário de Barra Mansa), Fernanda Gonçalves, que ressaltou a parceria entre o meio acadêmico e a Defesa Civil. “Essa integração permite aos alunos aprenderem, terem consciência, além de estarem preparados para o mercado de trabalho. A ideia do convênio é que os alunos trabalhem junto à Defesa Civil”, contou a docente.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, a parceria com o UBM é para ajudar no mapeamento das áreas de risco. O órgão também firmou convênio com o Unifoa (Centro Universitário de Volta Redonda), para os estudantes participarem das vistorias dos locais em que a Defesa Civil atue.
Share on Google Plus

About Redação Portal

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário