Patrulha Maria da Penha garante a segurança de mulheres assistidas

Resultado de imagem para patrulha maria da penha

Em 2017, programa de Volta Redonda que protege a mulher, conseguiu restabelecer autonomia de mulheres vítimas de violência

Com objetivo de garantir a integridade física e proteger a mulher que está sob medida protetiva, a Prefeitura de Volta Redonda conta com o programa ‘Patrulha Maria da Penha’. O serviço conta com viatura própria e inspetores treinados para a função. Atualmente, o programa presta assistência a 73 mulheres que vivem sob risco de violência doméstica.

O programa funciona por meio de uma parceria entre a Secretaria de Políticas para as Mulheres, Idosos e Direitos Humanos (SMIDH) e a Guarda Municipal.

Além de proteger de possíveis agressões, o serviço visa que a mulher possa conquistar sua independência. “Grande parte das mulheres assistidas pela patrulha já conseguiram sua autonomia. A maioria está trabalhando fora, ou seja, conseguindo sua independência através do dispositivo criado pela Lei Maria da Penha e busca coibir e prevenir a violência doméstica e familiar, assegurando que toda mulher tenha seus direitos fundamentais garantidos”, explicou Dayse Penna, secretária de Políticas para as Mulheres, Idosos e Direitos Humanos.

Volta Redonda é uma das pioneiras no Estado do Rio de Janeiro no serviço de atendimento a mulher, e para que as atividades pudessem ser realizadas na cidade, quatro guardas municipais - duas mulheres e dois homens - fizeram uma capacitação de dois meses em Duque de Caxias (RJ).

Segundo o prefeito Samuca Silva, a patrulha visa defender e apoiar a mulher do município. “Além de proporcionar uma vida sem violência, com a preservação de sua saúde física, moral, mental, intelectual e social, a patrulha defende e apóia essa mulher. A secretaria também está disposta a colaborar dando todo auxilio necessário. O trabalho é pioneiro ainda no país. Estamos conscientizando todas as secretarias e órgãos municipais para terem protocolos de atendimento”, contou Samuca.

De acordo com dados da Guarda Municipal, 83% das mulheres atendidas pela Patrulha Maria da Penha conseguiram sua autonomia. O objetivo é realizar ações que promovam o acolhimento das vítimas de violência. “A mulher pode entrar em contato com a gente através de vários canais (telefone, internet, entre outros). Estamos aqui para acolher a vítima. Os guardas que atuam na patrulha são treinados e capacitados para dar o acolhimento adequado. E nós, da secretaria, temos o dever de acompanhar e dar suporte ao fortalecimento dessa mulher. Quando a informação é passada pela Justiça, a Patrulha Maria da Penha entra em contato e oferece todo o apoio necessário”, garantiu Dayse.

A Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, Idosos e Direitos Humanos fica na Rua 552 - Jardim Paraíba, Volta Redonda. Fica aberta de segunda-feira a sexta-feira, de 8h às 17h. O telefone para contato é (24) 3339- 9025.
Share on Google Plus

About Redação Portal

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário