RESENDE CONCORRE AO TÍTULO DE CIDADE EMPREENDEDORA EM SEGUNDO CICLO DE AÇÃO DO SEBRAE

Município, que representa o Sul Fluminense, já desenvolve ações
de fomento ao empreendedorismo e de incentivo aos pequenos negócios



Após ampliar em 42% o número de alvarás emitidos no município em 2017, a Prefeitura de Resende acaba de aderir ao segundo ciclo do Programa Cidades Empreendedoras do Sebrae. O município irá competir com 10 cidades em um jogo que tem como eixos os temas: Implantação da Sala do Empreendedor; Empreendedorismo nas escolas e harmonização das legislações municipais no âmbito dos negócios; Compras governamentais; Integração total do município à Redessimples e Criação e fortalecimento do Agente de Desenvolvimento.

A cada ciclo do programa, algumas cidades são escolhidas para participar do jogo a partir de critérios como a lei geral implantada e ambiente favorável para o desenvolvimento do programa. Este ano, Resende foi escolhida para representar a regional Fluminense, que foi defendida no ano passado por Volta Redonda, terceira colocada no ranking final. Os municípios concorrentes são Bom Jesus do Itabapoana, Bom Jardim, Maricá, Miguel Pereira, Paraty, Queimados, São João da Barra, São João de Meriti e São José do Vale do Rio Preto.

Para inaugurar a participação de Resende no jogo, foi realizado na tarde desta quinta-feira, 21, no auditório da Associação Educacional Dom Bosco (AEDB), um workshop, que contou com a participação do prefeito Diogo Balieiro, secretários municipais e representantes do Sebrae/RJ. Para analisar o cenário em que Resende se encontra com relação ao incentivo aos pequenos negócios, o consultor do Sebrae Felipe Belo mapeou, com o suporte dos secretários, as características do governo através de perguntas específicas, como o auxílio que a Prefeitura dá aos pequenos empresários; agilidade dos alvarás; entre outras. Ao final dessa etapa foi gerado um diagnóstico que converteu pontos para a cidade. Como o jogo ainda está começando, ainda não há um ranking oficial sobre a colocação dos municípios.

Segundo o prefeito Diogo Balieiro, a ação representa um passo importante para o futuro da cidade. "Estamos muitos felizes em participar desta iniciativa, pois incentivar e fortalecer o empreendedorismo é uma meta que começamos a perseguir em janeiro de 2017. Esperamos que, após o projeto, o ambiente de negócios se fortaleça ainda em Resende, porque todos saem ganhando com isso: os pequenos empresários, a cidade e a população", finalizou o prefeito.
A próxima etapa dos jogos será a realização de reuniões mensais, voltadas para o desenvolvimento de metas exclusivas, que serão conduzidas por um comitê gestor formado por representantes das secretarias municipais e por coordenadores regionais do Sebrae/RJ.
Share on Google Plus

About Redação Portal

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário