PREFEITURA CONCLUI PROJETO DO HOSPITAL VETERINÁRIO

Unidade beneficiará as famílias mais carentes que não têm
condições de arcar com o tratamento de seu animal


A Prefeitura de Resende, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, já finalizou o projeto do Hospital Público Veterinário, que será construído numa área próxima ao Parque de Exposições Francisco Fortes Filho, na Morada da Colina, ao lado da sede da Sanear (Agência de Saneamento do Município). A unidade, cujas obras serão iniciadas ainda em 2018, terá 326,00 m² e oferecerá consultas, exames e cirurgias, entre outros procedimentos, hoje realizados no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

De acordo com o prefeito Diogo Balieiro Diniz, a construção do hospital, que é uma demanda antiga da cidade e uma obra muito aguardada pela população, representa a possibilidade de atendimento a uma parcela maior da população, em especial às famílias de baixa renda, que possuem animais domésticos, porém não têm condições de arcar com despesas de tratamentos e procedimentos cirúrgicos.

Para o prefeito, outra vantagem da construção do hospital, que ficará numa área central, de fácil acesso para a população, é que ele permitirá a liberação das instalações do CCZ para a realização de outros serviços que também são importantes para a saúde pública, como as ações de combate à dengue, campanhas de vacinação antirrábica e o acolhimento dos animais abandonados.

- Com a construção do Hospital Público Veterinário, o CCZ ficará responsável pelo atendimento dos animais de rua e por abrigar aqueles que estiverem abandonados, além de continuar realizando as campanhas de saúde pública, que são sempre muito importantes. Já toda a demanda por consultas, exames e cirurgias, entre outros procedimentos mais complexos, ficará a cargo do hospital. Esta é uma obra muito aguardada pela população e que finalmente estamos tirando do papel - disse o prefeito.

O projeto

Segundo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, o Hospital Público Veterinário contará com uma estrutura formada por dois consultórios, duas salas de anestesia, duas salas de cirurgia, sala de raio-X, laboratório de análises clínicas, sala de internação, sala de recepção e dois banheiros, além de área de apoio com copa, depósito, área de serviço e dois depósitos destinados ao lixo produzido no local.

Orçado em pouco mais de R$ 876 mil, a unidade será construída com verba própria, num prazo aproximado de dez meses. Nas próximas semanas, a Prefeitura deverá finalizar o edital para a abertura da licitação que indicará qual a empresa ficará responsável pela obra, que deverá ter início ainda este ano.

Share on Google Plus

About Redação Portal

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário