PROGRAMA CONSULTÓRIO NA RUA OFERECE ATENDIMENTO A PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA

Iniciativa leva serviços de saúde, além de promover
rodas de conversa sobre diversos assuntos



Com o objetivo de divulgar e aproximar os moradores em situação de rua dos serviços de saúde e de assistência social oferecidos no município, através da rede pública, a equipe do Consultório na Rua – programa criado pelo Governo Federal em 2011 e que faz parte da Política Nacional de Atenção Básica – realizou na tarde desta quinta-feira, dia 9, um encontro com este público na Praça do Expedicionário, no bairro Paraíso. A iniciativa, que acontece periodicamente, é desenvolvida por uma equipe multiprofissional formada por dois assistentes sociais, uma psicóloga e uma enfermeira.

De acordo com a coordenadora do Consultório na Rua, Joelma de Faria, entre as informações divulgadas durante os encontros com a população de rua, estão os serviços oferecidos pelo Pronto Atendimento de Saúde, pelos CRAS (Centros de Referência da Assistência Social), pelo CAPS-ad (Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas), pelo Centro Pop e pelo Serviço de Abordagem Social, entre outros.

- Nosso trabalho se materializa no atendimento a essa parcela da população, que é feito in loco, ou seja, no local onde ela se encontra. Para isso, integramos uma equipe itinerante, que garante a essas pessoas o acesso a serviços essenciais de saúde – explica a coordenadora.

Nesta quinta-feira, dia 9, o encontro foi marcado por um café da tarde junino, acompanhado de uma roda de conversa e um piquenique com os moradores de rua que vivem no bairro Paraíso. A atividade acontece todas as quintas, a partir das 18h e conta com a participação de pessoas da comunidade, além dos moradores de rua. A coordenadora explica que as rodas de conversa servem para mediar a interação das pessoas em situação de rua com o local e as pessoas onde elas passam a maior parte do tempo.

- Nesse bate-papo mais franco e direto, conseguimos perceber quais são os assuntos que eles têm mais dúvidas, como por exemplo, sexualidade, drogas e higiene. E tudo isso é abordado e conversado de uma forma leve, visando não afastá-los do programa. – finaliza Joelma.

Centro Pop

Além do apoio fornecido pela equipe do programa Consultório na Rua, as pessoas que vivem em situação de rua em Resende também contam com os serviços do Centro Pop, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 17h, na Rua do Rosário, 230, no bairro Lavapés.
Share on Google Plus

About Redação Portal

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário